22.6 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioSem categoriaSaiba como lidar com a depressão!

Saiba como lidar com a depressão!

Publicado em

Todos nós passamos por altos e baixos com o nosso humor ao lidar com situações diversas. Atualmente vivemos numa sociedade extremamente competitiva, que leva o indivíduo a uma convivência ansiogênica vivenciando uma atmosfera que propicia a chamada Síndrome da Pressa que sobrecarrega tanto o físico quanto emocional. É normal vivenciamos momentos de tristeza, angustia, medo, ansiedade e frustrações passageira, essa variação de sentimentos pode ser manifestada com outra intensidade no indivíduo com depressão. Apontada pela Organização Mundial de Saúde como uma das cinco doenças mais incapacitantes do mundo, a depressão pode ser apresentada de várias formas particulares.

O ritmo acelerado da vida moderna e o acúmulo de estresse são alguns dos principais fatores que contribuem para o desenvolvimento passageiro ou crônico da doença podendo afetar qualquer pessoa, idade, raça, sexo e nível sócio – econômico. As causas são supostamente uma combinação de fatores genético, biológico e emocional.

Diante disso, há pessoas que ficam caladas, chorosas ou que preferem desabafar. No entanto, também há a somatização desses sentimentos, manifestado por dores físicas ou por comportamento agressivo. Isto traz grandes prejuízos para a qualidade de vida do ser humano, causando a perda de interesse nas atividades de rotina. O depressivo também apresenta cansaço físico e mental, dificuldade de organização e concentração, desgaste físico e emocional, dificuldade ou esquiva na tomada de decisões, isolamento afetivo, pensamento negativos, comportamento e pensamentos de inferioridade.

Nesses casos, o tratamento é realizado com base em medicações e a fundamental participação do depressivo em psicoterapias. O primeiro passo importante a ser tomado é reconhecer o problema. A psicoterapia é um recurso importante para auxiliar a pessoa e a família a aprender novos comportamentos e estratégias. A psicoterapia pode também ajudar a reduzir e tratar os sintomas emergentes. O programa de tratamento varia de pessoa para pessoa e cada caso deve ser avaliado individualmente. Por vezes, a combinação de tratamentos resulta numa melhora consistente a curto e longo prazo.

Segue algumas dicas na busca de uma melhor qualidade de vida, longe da depressão:

• Ter força de vontade;
• Aprender a dizer NÃO;
• Faça atividade física, caminhada é uma boa pedida!
• Reserve momentos agradáveis;
• Ouça música;
• Ocupe a mente;
• Evite o isolamento;
• Mude sua maneira de encarar a vida;
• Vigie seus pensamentos, seja otimista;
• Aprenda a analisar e reconhecer seus problemas, dificuldades e resistências;
• Alimentação saudável e moderada;
• Identifique as causas dos seus problemas;
• Pense em si mesmo;
• Equilíbrio espiritual;

Ellen Dejanni
Psicóloga Clínica

Contato:

Clipeq: (61) 3349 4734 / [email protected]
Feed

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar