15.9 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioSem categoriaJoão Cardoso presta homenagem aos auditores fiscais de atividades urbanas na CLDF

João Cardoso presta homenagem aos auditores fiscais de atividades urbanas na CLDF

Publicado em

Oriundo da carreira, o deputado distrital João Cardoso (Avante) é o autor da homenagem prestada aos auditores fiscais de atividades urbanas na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) nessa quinta (9/5). O parlamentar reconheceu publicamente a importância do trabalho de fiscalização ao DF e assinou um projeto de lei (que será submetido à avaliação da Casa) que institui o dia 2 de fevereiro como o Dia da Fiscalização de Atividades Urbanas do DF. Evento foi encerrado com a entrega de moções de louvor a todos os presentes.

Em reconhecimento ao trabalho dos auditores fiscais de atividades urbanas, responsáveis pela inspeção de diversas áreas, como econômica, de vigilância sanitária, obras, edificação e urbanismo, transportes e controle ambiental, o distrital afirmou que a atuação da carreira é “um trabalho imprescindível para a nossa sociedade que, mesmo enfrentando dificuldades hercúleas, mantém Brasília nos eixos, sempre pautados nos mandamentos dispostos em lei”.

“Eu poderia neste momento discorrer sobre o trabalho, as bandeiras de lutas do dia a dia, as atribuições de cada área que compõe a carreira de auditoria de atividades urbanas, a extinção da Agefis, a criação da DF Legal e assim por diante.”, afirmou. “No entanto, não é para isso que estamos aqui. Vocês estão aqui para participar de um ato de justiça, justiça pelo que vocês são e representam. Vocês estão aqui para serem festejados, homenageados por esta casa legislativa, não apenas pelo deputado João Cardoso, mas por esse Poder Legislativo, que reconhece em cada um de vocês um baluarte da cidadania e da defesa dos interesses maiores do distrito federal e sua gente.”, concluiu o distrital.

Conquistas históricas

O presidente do Sindicato dos Servidores Integrantes da Carreira de Fiscalização de Atividades Urbanas do DF (Sindafis), Eduardo Jorge de Paula, lembrou das conquistas históricas da categoria ao longo dos últimos 20 anos e reforçou o sentimento de união dos servidores para a conquista e manutenção de direitos. “Todas as nossas conquistas, como complemento de salário mínimo e saída de administração regional, foram lutas difíceis que só foram enfrentadas com nossa forca, determinação e união. Sem a consciência da coletividade, nós não temos condições de avançar mais do que avançamos até hoje.”

O presidente da Agência de Fiscalização (Agefis) e futuro secretário de Proteção da Ordem Urbanística (DF Legal), Georgeano Trigueiro Fernandes falou das dificuldades e desafios enfrentados pelos trabalhadores diariamente e afirmou “que a carreira tem se tornado referência no DF por conhecimento técnico, compromisso e respeito com a coisa pública”.

O administrador de Sobradinho, Eufrásio Pereira, destacou a importância dos trabalhos de fiscalização na prevenção de ocupações irregulares e outros problemas sociais. “A ocupação de áreas públicas tira o sono de nós, administradores. Vocês são nossos anjos da guarda porque ajudam a refazer determinadas desordens na cidade”.

A auditora fiscal de controle ambiental, Cristiane Leite Pereira, recebeu das mãos de João Cardoso uma Moção de Louvor. Emocionada, ela elogiou a iniciativa e chamou a atenção para a questão ambiental.

“Para mim, esta iniciativa é de suma importância, claro que para todas as especialidades da nossa carreira, mas em especial para a área de meio ambiente, que é uma área tão renegada no DF e no Brasil. Para a gente é isto é um incentivo a mais para continuar lutando pela qualidade de vida no DF”, disse.Também estiveram presentes na sessão solene Humberto Bernardo Valli, superintendente de Fiscalização Ambiental (Sufam); Davi Lago, presidente da Associação dos Auditores Fiscais de Controle Ambiental do DF (Aficam); Ricardo Leite de Assis, subsecretário de Fiscalização, Auditoria e Controle (Sufisa); Rôney Nemer, ex-deputado federal; Joseilda Noleto Cabral, ouvidora da Agefis e Andre Godoy, que representou Manoel Silva Neto, diretor da Vigilância Sanitária do DF.

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar