27.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioEsportesJustiça Desportiva pune Sport por ataque a ônibus do Fortaleza

Justiça Desportiva pune Sport por ataque a ônibus do Fortaleza

Publicado em

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva determinou que o Sport Recife jogue com portões fechados e sem torcida como visitante em partidas de competições nacionais. A decisão desta sexta-feira (23) atende a pedido da Procuradoria e vale até julgamento da denúncia oferecida.

Na última quarta-feira, após a partida entre Sport e Fortaleza, pela Copa Nordeste, o ônibus do time do Ceará foi apedrejado por torcedores rubro-negros em uma rodovia federal, a 7 km do estádio, após a saída do time da Arena Pernambuco. Uma bomba também foi lançada contra o veículo.

Seis atletas do Fortaleza foram hospitalizados após o ataque. O jogador Gonzalo Escobar ainda teve um traumatismo craniano, com perda transitória de consciência. O clube defende que só deveria entrar em campo após a punição dos envolvidos.

A decisão do presidente do tribunal, José Perdiz, reconheceu que Sport, como clube mandante da partida, não se comprometeu com a segurança dentro e fora do estádio.

Mas o presidente do Sport, Yuri Romão, afirma que a decisão foi arbitrária e que o clube foi punido por ser do Nordeste. 

Romão citou diversos casos recentes de ataques a ônibus de adversários em outras partidas pelo país. Disse que clubes como Bahia, Grêmio, Flamengo e Botafogo não foram punidos por casos similares.

O Sport considera que não pode ser penalizado por um problema de segurança pública, que não é de sua competência. Os pernambucanos disseram que tomaram todas as medidas previstas no regulamento e que irão recorrer da decisão.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar