20.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalProjeto De Cara Nova entrega mais uma área reformada no Itapoã

Projeto De Cara Nova entrega mais uma área reformada no Itapoã

Publicado em

10/04/2024 às 20:03, atualizado em 10/04/2024 às 20:34

Em sua 12ª edição, iniciativa do Serviço de Limpeza Urbana (SLU) elimina ponto de descarte irregular de lixo na região

Por Agência Brasília* | Edição: Igor Silveira

Nesta quarta-feira (10), às 10h, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) entregou mais um ponto restaurado pelo projeto De Cara Nova, que tem como objetivo eliminar os maiores pontos de descarte irregular no Distrito Federal. De janeiro até o início de março, o projeto já retirou quase 4 mil toneladas de entulho de lixões espalhados pelas regiões administrativas.

Desta vez, o local contemplado foi um ponto com acúmulo de lixo e entulho próximo à Associação Positiva de Brasília, no Itapoã. Equipes do SLU limparam o local e plantaram mudas de árvores e plantas ornamentais. O muro da escola também foi reformado com uma pintura.

O projeto visa a remoção dos resíduos, reforma do espaço com plantio de mudas e sinalizações educativas com placas orientando sobre as penalidades e o local correto para o descarte. “O objetivo da ação é chamar a atenção dos moradores para a educação ambiental e diminuir o número de lixo e entulho na região”, destacou Silvio Vieira, diretor-presidente do SLU.

Durante o evento, houve apresentação da música O Garizito e sua turma, do teatro do SLU, e também a presença de autoridades e de cerca de 40 crianças da creche.

O administrador do Itapoã, Dilson Bulhões, participou da entrega da área. A administração regional fez um levantamento de todas as áreas de descarte irregular de lixo e entulho na região para que o SLU atuasse na recuperação dos locais. “Após a limpeza, em conjunto com outros órgãos, vamos fazer o trabalho de conscientização dos moradores quanto à destinação correta dos resíduos”, explica Bulhões.

10/04/2024 - Projeto De Cara Nova entrega mais uma área reformada no Itapoã

*Com informações do Serviço de Limpeza Urbana (SLU)

Fonte: Agência Brasília

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar