19.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioPolíticaCLDFExposição fotográfica na CLDF exibe criação de abelhas em quilombo

Exposição fotográfica na CLDF exibe criação de abelhas em quilombo

Publicado em

A Câmara Legislativa recebe a exposição “Desenvolvimento da Cadeia de Produção Apícola na Comunidade Quilombola África em Abaetetuba-PA”, promovida pela Embaixada da República da Eslovênia em Brasília. A mostra com registros da jornalista e fotógrafa Claudia Godoy foi inaugurada nesta quinta-feira (27), no foyer do Plenário da Casa, onde permanece para visitação gratuita até o início de agosto.

As 30 fotografias revelam cenas do projeto esloveno no Quilombo África, em Moju, comunidade situada nas imediações de Belém (PA). A embaixada instalou 30 colmeias no quilombo a fim de apoiar os quilombolas na preservação da floresta Amazônica, além de garantir uma renda extra para as famílias. Sem ferrão, as abelhas introduzidas são de espécie nativa do Brasil, o que facilita a criação e evita impactos negativos na flora e fauna locais.

“A Eslovênia é um país que tem como prioridade o cuidado com o meio ambiente, sustentabilidade, acesso universal à água e diversas outras questões ambientais e ecológicas”, relatou a embaixadora da Eslovênia, Mateja Kračun, na abertura da exposição. “A apicultura, além de uma atividade comercial importantíssima, promove a segurança alimentar e protege a biodiversidade, pois as abelhas e outros polinizadores garantem a manutenção ecológica nos habitats”, complementou.

Já Claudia Godoy ressaltou que “a embaixada levou a preservação da floresta, a renda e a esperança para aquelas pessoas”. Ainda participou do evento a presidente do Conselho Curador de Cultura da CLDF, Jane Marrocos. Ela apontou que a Câmara é a casa não só do povo do DF, mas de todos os povos. Também comemorou que as ações da embaixada “entrelaçam Brasil e Eslovênia pelo mel”.

 

 

Eslovênia: tradição em apicultura

A Eslovênia é a terra Natal de Anton Janša, o pai da apicultura moderna. Devido aos estudos de Janša, a Organização das Nações Unidas instituiu o Dia Mundial da Abelha, celebrado em 20 de maio. A data alerta para a importância da preservação das abelhas, responsáveis pela polinização de grande parte das frutas e verduras. Hoje esse inseto é ameaçado por pesticidas usados indiscriminadamente nas lavouras.

Com a ajuda de parceiros, nos últimos seis anos o país europeu tem cooperado em milhares de ações com abelhas em todo o mundo. Diferentes projetos de polinizadores foram realizados neste âmbito, que ajudam a recuperar ecossistemas e a capacitar comunidades vulneráveis.

 

 

Fonte: Agência CLDF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar