16.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioSem categoriaProjeto Um Novo Olhar doa máscaras coloridas de tecido a pacientes com...

Projeto Um Novo Olhar doa máscaras coloridas de tecido a pacientes com câncer em todo o Brasil

Publicado em

Paciente com câncer, a advogada Priscila Machado, de Brasília (DF), resolveu enfrentar o tratamento de uma forma descontraída: com máscaras coloridas feitas de tecido. Com a repercussão de suas fotos no instagram, ela passou a receber pedidos em todo o país. Foi aí que ela resolveu lançar o projeto Um Novo Olhar, com o apoio de sua mãe Khathia Machado. De janeiro a abril, mais de 2 mil máscaras foram produzidas e entregues gratuitamente em diversos Estados do Brasil. Iniciativa depende de doações de tecidos, elásticos e linhas.

“Eu postava minhas fotos no instagram com as máscaras que eu criava para mim e muita gente passou a entrar em contato perguntando se eu estava vendendo ou doando, e também comentando sobre o desconforto de usar aquelas do tipo comum (brancas). Daí surgiu a ideia da gente fazer máscaras personalizadas para doação.”, conta.

Diagnosticada no final do ano passado com linfoma não hodgkin de células T, Priscila, 30 anos, conta que o objetivo do projeto é proporcionar um tratamento mais leve para pacientes com câncer. O projeto teve início em janeiro e recebia aproximadamente 30 pedidos por semana. Hoje, este número saltou para 200 máscaras. 

“O legal é ver que aos poucos as pessoas estão se contagiando com isso e estão ajudando a propagar o nosso projeto. Recebemos recentemente o contato de uma senhora que quer juntar o grupo dela de costura para ajudar a gente a fazer mais máscaras, inclusive, no período em que eu ficar internada, que geralmente dura um mês.”, aprova.

Entre tecidos e emoções

Ao passar pela oitava sessão de quimioterapia (com duração de três dias), a idealizadora do projeto revela que uma de suas maiores alegrias foi fazer a doação de 40 máscaras infantis para o setor de Oncologia Pediátrica do Hospital Santo Antônio, de Blumenau (SC).

“Foi emocionante porque a gente pode sentir o poder desse projeto. As pessoas já passam por tanta coisa durante o tratamento delas, que a nossa intenção é que elas possam passar por isso de uma maneira mais tranquila, leve e descontraída, sem ter aversão às máscaras. Bem pelo contrário: usar com alegria, tendo prazer em usar máscaras coloridas e diferentes.”, afirma.

Outra doação que chamou a atenção de Priscila foi o pedido de máscaras que contribuiu para que avó e neto se reaproximassem, já que ambos têm baixa imunidade; ela por ter câncer e o neto por ter somente 6 meses de vida. A expectativa de Priscila é que o projeto cresça ainda mais, assim como a corrente do bem que passou a existir por meio dele.

“Não esperávamos toda essa repercussão. Já são mais de mil máscaras enviadas para o Brasil todo. Estamos orgulhosas por tudo estar dando certo. Pretendo continuar com este projeto depois que meu tratamento acabar e também expandir a ação com o passar do tempo.”, diz.

A doações de tecidos, elásticos e linhas podem ser feitas em qualquer quantidade ao projeto. Veja, abaixo, tipos de materiais mais usados e valores aproximados:– Tecidos tipo tricone (liso ou estampado) – custa em média R$ 13,00 o metro
– Linha de costura branca – custa em média R$ 2,50
– Elástico roliço branco – custa em média R$ 18,00
Contato: @prilimac88 (instagram)

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar