16.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioCidades do EntornoÁguas Lindas de GoiásHerdeiras do Mestre se apresentam em Águas Lindas de Goiás

Herdeiras do Mestre se apresentam em Águas Lindas de Goiás

Publicado em

O Projeto faz uma circulação do espetáculo Circo, Boneco e Riso e de oficinas com as filhas e a esposa do saudoso Mestre Zezito
Na segunda-feira, 17 de junho, a Escola Municipal Ednalda Guedes de Souza recebe a Circulação do espetáculo Circo, Boneco e Riso da Família do saudoso mestre Zezito. Até o dia 25 deste mês, escolas públicas de Águas Lindas de Goiás receberão apresentações circenses, oficinas de construção de brinquedos populares e oficinas de pernas de pau. No domingo, 23 de junho, às 15h, em uma das principais avenidas da cidade,  no Jardim Brasília, na Praça da Bíblia, toda a população poderá assistir gratuitamente à trupe em cena. Informações no Instagram @ciacircobonecoeriso

“Nós, palhaços do mundo, não podemos deixar de dizer aos homens e mulheres do nosso tempo, de qualquer credo, de qualquer país: cultivemos o riso”.  Dono de ações e palavras eternamente inspiradoras, o saudoso artista da cultura popular, José André dos Santos, o Mestre Zezito, permanece vivo também devido a projetos como “Herdeiras do Mestre”, realizado pela viúva Neide de Nazaré e as filhas, Rita de Cássia e Isabel Andreia. O projeto Herdeiras do Mestre foi um dos contemplados no edital FUNARTE Retomada 2023 – Circo.

A proponente e diretora artística do projeto, Neide de Nazaré, fala que é uma honra circular com o espetáculo circense da Família Zezito por escolas da cidade e também em local público e aberto, fazendo com que alunos, professores e população em geral acessem a história do Circo Boneco e Riso.

“A nova montagem terá a participação de artista experientes e novatos do Circo, Boneco e Riso,  e que ainda hoje encanta crianças do entorno e do DF. .Hoje esses artistas são herdeiros diretos de uma tradição que merece todo um respeito por sintetizar mais de quarenta anos de conhecimento e prática adquiridas em vários picadeiros, praças e ruas de diferentes cidades do Brasil”, explica Neide.

Agenda

– Dia 17 de junho- Escola Municipal Ednalda Guedes de Souza – duas oficinas de PERNA DE PAU  3h, sendo uma pela manhã de 9h às 12h e à tarde das 14h às 17h.
– Dia 23 de junho  Praça da Bíblia -15h – Apresentação do Espetáculo Circo, Bonecos  e Riso.
– Dia 24 de junho – Escola Municipal Ana Lúcia Oliveira- duas sessões do espetáculo Circo, Boneco  e Riso- 11h e 13h30
– Dia 24 de junho – Escola Municipal Érika Flávia- duas sessões do espetáculo Circo, Boneco  e Riso- 9h e 15h30
– Dia 25 de junho – Escola Municipal Érika Flávia- duas oficinas de  construção de brinquedos populares – das 7h30 às 12h e de 13h30 às 17h
Boneco e Riso
A Companhia Circo Boneco e Riso foi criada em 1968 na cidade de Juazeiro do Norte (CE) por José André dos Santos – imortalizado pelo apelido de “Mestre Zezito” – que, em 1991, transferiu-se para o Distrito Federal, com sua companheira Rosineide Amorim.  Em 1994, os integrantes do grupo começam a desenvolver oficinas de confecção de brinquedos populares, oficinas de perna de pau, Mestre Zezito tornou-se o palhaço Pilombeta, criativo, encantador de crianças e adultos com números espetaculares de perna-de-pau, trapézio, equilíbrio, entre outros.  Ainda no Circo começou a brincar com teatro de bonecos (mamulengo), bonecos gigantes, cantigas de palhaço, sempre ensinando jovens das periferias, das ruas, de grupos diversos. Foi nesse meio que conheceu Rosineide de Nazaré, que se tornou sua esposa e com quem teve três filhas: Rita de Cássia, Maria e Isabel que completam o grupo nos trabalhos de oficina de brinquedos populares, oficinas teatrais e outros. Mestre Zezito faleceu em 4 de maio de 2006. As quatro continuaram o trabalho do mestre, com a escola de brinquedos e circo e se apresentando inclusive com números novos. A Companhia traz a mais genuína alma do circo popular brasileiro em suas intervenções pela simplicidade com que, em seus quase 40 anos de existência, vem perpetuando números tradicionais de circo tais como: mágicas, mamulengo, entradas de palhaços, malabarismo, perna-de-pau, monociclo, ventriloquia e canções populares. Tendo influenciado muitos artistas do Distrito Federal e Goiás, bem como tem sido foco de interesse de pesquisadores da cultura popular brasileira. Atualmente a mais representativa mostra de arte circense de Brasília leva o nome do mestre, a Mostra Zezito de Circo.

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar