16.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioSegurançaPMDFPMDF prende, no Recanto das Emas, homens que roubaram e a abandonaram...

PMDF prende, no Recanto das Emas, homens que roubaram e a abandonaram mulher amarrada em matagal

Publicado em

No dia 21 de abril, por volta das 23h, uma mulher de 39 anos foi vítima de um roubo violento enquanto entrava em sua casa no Recanto das Emas. Dois homens armados abordaram a vítima e, após o roubo, a levaram junto com seu veículo até Santa Maria, onde a deixaram amarrada em um matagal.

Após enfrentar momentos de grande dificuldade, a mulher conseguiu se soltar e imediatamente buscou ajuda, registrando a ocorrência na polícia. A PMDF iniciou uma operação de busca pelos criminosos, mobilizando diversas equipes para capturá-los.

Já de madrugada, por volta das 01h, as guarnições do Grupo Tático Operacional (GTOP) 48 e do Patrulhamento Ostensivo Tático (POT) 48, pertencentes ao Batalhão do Riacho Fundo, lograram êxito na prisão dos meliantes. A captura ocorreu no viaduto do Recanto das Emas, onde os criminosos foram interceptados e detidos pelas forças policiais. É fundamental ressaltar a importância de que todas as vítimas de atos injustos realizem a denúncia às autoridades competentes. Além de ser um passo crucial para a busca por justiça e punição dos responsáveis, o registro da ocorrência contribui para o mapeamento e o combate à criminalidade em nossa sociedade. A denúncia não apenas possibilita o apoio e a proteção à vítima, mas também auxilia na prevenção de novos delitos, colaborando para a construção de comunidades mais seguras e resistentes ao crime.

É fundamental ressaltar a importância de que todas as vítimas de atos injustos realizem a denúncia às autoridades competentes. Além de ser um passo crucial para a busca por justiça e punição dos responsáveis, o registro da ocorrência contribui para o mapeamento e o combate à criminalidade em nossa sociedade. A denúncia não apenas possibilita o apoio e a proteção à vítima, mas também auxilia na prevenção de novos delitos, colaborando para a construção de comunidades mais seguras e resistentes ao crime.

Fonte: PMDF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar