16.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalEducaçãoTeatro orienta alunos de São Sebastião sobre prevenção da dengue

Teatro orienta alunos de São Sebastião sobre prevenção da dengue

Publicado em

Alunos do CEI Parque dos Ipês se empolgaram com apresentação da SES-DF

Por Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

 

Um pequeno mosquito pode causar um problemão à saúde de todos”. Essa foi a mensagem que o grupo de teatro da Secretaria de Saúde (SES-DF) levou aos cerca de 100 alunos do Centro de Educação Infantil Parque dos Ipês, em São Sebastião. Em meio a risadas e olhares atentos, os agentes de vigilância ambiental em saúde (Avas) se transformaram em atores na última sexta-feira (28). A peça Com Dengue Não Dá ensina a como eliminar criadouros do Aedes aegypti.

 

As músicas e as falas dos personagens se fixam na memória. Dessa forma, as crianças se tornam multiplicadoras da informação. Elas participam ativamente e ficam entretidas com a história. Ao final, recebem a missão de passar o que aprenderam adiante”, diz o ator Roberto Bonfim, que participa do grupo da Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da SES-DF há mais de 40 anos.

 

 

 

O subsecretário de Vigilância à Saúde, Fabiano dos Anjos, concorda: “A SES-DF, por meio de ações como essas, forma os estudantes para serem agentes de transformação em suas casas, em suas ruas. São os fiscais infantis contra a dengue”. Para o gestor, a iniciativa aproxima as questões de saúde da comunidade, ao traduzi-las de maneira lúdica e simplificada.

 

Área de vulnerabilidade

 

A orientadora Edineuza Andrade de Freitas explica que 90% das crianças do centro educacional são do bairro Morro da Cruz, uma região vulnerável de São Sebastião. “Tivemos muitos casos de alunos com dengue, bem como seus familiares, por isso pedimos ajuda da SES-DF. Acreditamos que a conscientização deve continuar ao longo de todo o ano”, avalia.

 

Nos eventos com as famílias, os pais também recebem orientações para evitar que o mosquito da dengue se desenvolva e prolifere. São apresentadas ações que podem fazer a diferença como virar as garrafas de cabeça para baixo, colocar terra nos vasos de plantas, eliminar a água parada dos pneus, limpar a caixa d’água, descartar adequadamente o lixo e os entulhos, entre outros cuidados.

 

Como chamar

A presença do grupo de teatro pode ser solicitada pelo número 2017-1145 (ramal 8338) ou pelo e-mail [email protected]. Todas as iniciativas de combate à dengue da pasta fazem parte do programa SOS DF Saúde.

 

*Com informações da Secretaria de Saúde

 

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do DF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar