15.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalEducaçãoServidores da Educação participam da 2ª edição da oficina sobre segurança nas...

Servidores da Educação participam da 2ª edição da oficina sobre segurança nas escolas

Publicado em

Ao todo, 240 profissionais participaram do curso ministrado durante manhã e tarde desta quarta-feira (10)

Tainá Morais, Ascom/SEEDF

 

 

Nesta quarta-feira (10), servidores da Secretaria de Educação do Distrito Federal e profissionais de escolas privadas participaram da segunda oficina sobre Evento com Agressor Ativo em Ambiente Escolar, realizada pela Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, por meio da Assessoria Especial de Cultura da Paz, e pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), por meio do Batalhão de Policiamento Escolar. O evento foi realizado durante todo o dia no Instituto Federal de Brasília (IFB) de Ceilândia.

 

O curso, aberto à comunidade escolar geral, teve como objetivo proporcionar reflexões, debates e trocas de experiências sobre estratégias de prevenção e intervenção diante dessa questão sensível. Educadores e profissionais da área de segurança estiveram presentes, engajados em palestras e atividades práticas voltadas para lidar com situações de ataque nas escolas.

 

O Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar do Distrito Federal compartilhou protocolos e orientações sobre como os educadores devem se portar diante de situações críticas. Durante a oficina, os participantes adquiriram habilidades para lidar com emergências escolares, como evacuação segura e comunicação com autoridades. Eles também simularam situações de crise para praticar como deve ser feita a proteção dos alunos e equipe.

 

Representando a secretária de Educação do DF na abertura do evento, a subsecretária de Educação Basica da SEEDF, Iêdes Braga, enfatizou a parceria entre a Educação e a Segurança Pública, reforçando a necessidade de unir esforços para garantir um ambiente escolar seguro para todos. “É fundamental trabalharmos em conjunto, integrando ações e recursos, para assegurar a proteção e o bem-estar dos nossos alunos e profissionais“, destacou.

 

 

A comandante do Batalhão Escolar da PMDF, a tenente-coronel Renata Braz, destacou a importância das instruções fornecidas. “Tomara que nunca precisemos utilizar, mas é fundamental que educadores saibam como agir em situações de emergência, pois a segurança nas escolas é uma responsabilidade compartilhada”, afirmou.

 

O evento foi marcado pelo compromisso dos servidores da Educação e Segurança em garantir um ambiente seguro e acolhedor para todos os membros da comunidade escolar. Iêdes também ressaltou a colaboração da Assessoria de Cultura da Paz, da Subsecretaria de Educação Básica, responsável por diversas iniciativas para prevenir a violência nas escolas.

 

Assessoria de paz

 

A implementação de medidas preventivas contra ataques em escolas desempenha um papel crucial na construção de um ambiente seguro. Estratégias como a criação de programas de conscientização sobre saúde mental e a promoção de um ambiente inclusivo podem ajudar a prevenir potenciais ameaças. A colaboração estreita entre Educação e Segurança é essencial para criar uma rede de apoio que promova a segurança emocional e física, cultivando um ambiente onde todos se sintam respeitados e protegidos. Nesse contexto, foi criada a Assessoria Especial de Cultura da Paz (AECP), vinculada à SEEDF para a condução dos trabalhos da Comissão Permanente Pela Paz nas Escolas (CPPE).

 

Assessoria Especial de Cultura da Paz ( AECP)
img-responsiva E-mail: [email protected]
img-responsiva Telefone: 3318-2994

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do DF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar