15.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalEducaçãoSecretaria de Educação lança Guia de Uso da Linguagem Simples

Secretaria de Educação lança Guia de Uso da Linguagem Simples

Publicado em

Documento reúne técnicas que facilitam a compreensão de informações pelos leitores

Lívia Barros, Ascom/SEEDF

 

 

Com o intuito de promover uma comunicação assertiva, direta e inclusiva, a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF) lançou o Guia de Uso da Linguagem Simples. O documento, divulgado para todas as áreas da Pasta, visa facilitar a troca de informações entre os diversos públicos-alvo da instituição: crianças, jovens, professores, pais, avós, além do público interno que trabalha em áreas diversas e utiliza diferentes linguagens técnicas.

 

A iniciativa é uma parceria da Assessoria de Comunicação e da Ouvidoria da SEEDF e tem como seu maior pilar facilitar a compreensão de informações pelo leitor, sem necessidade de releitura de textos. O documento traz dicas práticas de como utilizar a linguagem simples e um passo a passo de cinco etapas para adequação dos textos.

 

Confira aqui o Guia de Uso da Linguagem Simples

 

Com a disponibilização do Guia, as unidades escolares, Coordenações Regionais de Ensino (CREs) e unidades administrativas da sede da SEEDF ficam responsáveis por aplicar o uso da linguagem simples nos respectivos documentos.

 

Ana Carolina Rocha, assessora especial da Assessoria de Comunicação da SEEDF e idealizadora do Guia, ressalta que uma boa comunicação é essencial para a entrega de serviços de qualidade. “Com a linguagem simples é possível informar o cidadão sobre as políticas públicas de maneira clara e objetiva para que ele possa conhecer e utilizar os serviços ofertados com plenitude”, acredita.

 

A Linguagem Simples aproxima o governo dos cidadãos. Precisamos comunicar o que for necessário de forma assertiva e clara para dar celeridade aos questionamentos e pleitos dos cidadãos e, até mesmo, dos servidores que nos procuram”, comenta a ouvidora da SEEDF, Evelyne Queiroz.

 

Veja algumas das vantagens do uso da Linguagem Simples:

 Facilita a participação e o controle da gestão pública pela população;
 Reduz a necessidade de intermediários entre o governo e a população;
 Direito do usuário de adequada prestação de serviços;
 Dá foco nos cidadãos e na geração de valor;
 Facilita a comunicação interna e o entendimento das informações.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do DF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar