18.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalEducaçãoSecretaria de Educação do DF divulga Censo Escolar 2023

Secretaria de Educação do DF divulga Censo Escolar 2023

Publicado em

Os dados servirão para formulação de políticas públicas educacionais

Gizella Rodrigues, Ascom/SEEDF

 

 

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal tornou público, nesta quinta-feira (18), o resultado final do Censo Escolar das Unidades Escolares da rede pública de ensino do Distrito Federal, referente ao exercício de 2023. Os dados podem ser acessados no site. O intuito é apresentar tais dados de maneira acessível, didática e dinâmica.

 

Os números mostram que, em 2023, a SEEDF atendeu 464.977 estudantes, matriculados em 825 escolas públicas e conveniadas e divididos em 19.108 turmas.

 

Elaborado pela Diretoria de Informações Educacionais (Dinfe), vinculada à Subsecretaria de Operações em Tecnologia da Informação e Comunicação (Subitic), o Censo Escolar é o mais importante levantamento estatístico educacional acerca das diferentes etapas e modalidades de ensino da Educação Básica.

 

Os dados educacionais coletados são de fundamental importância para a formulação de políticas públicas educacionais, permitindo que o governo e a sociedade possam ter uma visão ampla e precisa sobre a situação da educação básica no Distrito Federal. Através dele, são coletadas informações sobre a infraestrutura das escolas, matrículas, docentes, turmas e outras variáveis que permitem traçar um perfil da educação básica em cada região administrativa (RA).

 

Dos estudantes matriculados na rede, 72.067 cursaram a Educação Infantil, 265.803 o Ensino Fundamental, 80.925 o Ensino Médio, 26.499 a Educação de Jovens de Adultos (EJA), 5.355 a Educação Especial e 14.328 a Educação Profissional e Tecnológica..

 

A Dinfe é responsável por todas as etapas do Censo, desde o processo de coleta dos dados e, ao longo dos anos, e vem inovando os processos de coleta, estudo, tratamento e disseminação de dados, com a implementação de ferramentas inteligentes, visando agilizar o processo de tomadas de decisão e direcionamento para alocação de recursos no âmbito educacional, garantindo, também, o fidedigno repasse de informações.

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do DF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar