21.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalEducaçãoSecretaria de Educação do DF acompanha obras de escolas públicas

Secretaria de Educação do DF acompanha obras de escolas públicas

Publicado em

40 obras de construção e reforma têm previsão de entrega para o primeiro e segundo semestre de 2024

Ícaro Henrique, Ascom/SEEDF

 

 

Construção, reconstrução, reforma e ampliação de unidades escolares. O Governo do Distrito Federal (GDF) segue investindo para melhorar a qualidade do ensino ofertado aos alunos da rede pública da capital. A previsão de entrega das 40 unidades que estão em andamento é para o primeiro e segundo semestre de 2024.

 

Na última semana, a secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, visitou acompanhada da servidora e arquiteta Aline Lima, da subsecretaria de Infraestrutura e Apoio Educacional (Siae), as obras em andamento no Riacho Fundo, Jardins Mangueiral e Ceilândia.“Nesse momento, estamos com 40 obras acontecendo no DF e a grande maioria, eu diria que mais de 90%, é obra nova. Essas escolas serão entregues à população em breve e vão beneficiar os estudantes que atualmente encontram-se em unidades de ensino provisórias”, disse Hélvia Paranaguá.

 

Uma das obras mais aguardadas pela população da Ceilândia é a reforma do Centro de Ensino Médio (CEM) 10, localizado na QNP 30 de Ceilândia. Com a reforma geral da área com mais de três mil metros quadrados a escola atenderá 700 estudantes do Ensino Médio, contando com laboratórios de informática, biologia, física e química, cantina, refeitório, estacionamento e quadra de esportes, além de 16 salas de aulas. A previsão de entrega da unidade está para o 1º semestre de 2024.

 

A reconstrução da Escola Classe (EC) 59, localizada na QNN 36, Área Especial 02, uma reivindicação antiga dos moradores de Ceilândia, também atenderá a todas as necessidades dos estudantes. O novo ambiente vai comportar 14 salas de aula, auditório, sala de leitura, cozinha industrial e refeitório, laboratórios, estacionamento, parquinho, quadra de esportes coberta com vestiários e área de convivência. As instalações vão beneficiar 420 estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental.

 

 

A secretária visitou ainda o novo Centro de Educação Infantil (CEI) na QN 12, Riacho Fundo II; o Centro Educacional e Centro de Ensino Fundamental localizados no Jardins Mangueiral.

 

Primeira infância

 

A Secretaria de Educação tem trabalhado intensamente para aumentar o acesso a creches públicas. A previsão é que, até o fim do ano, sejam entregues à população 18 novas unidades em Samambaia, Santa Maria, Planaltina, Estrutural, Recanto das Emas, Guará, Vila Telebrasília, Taguatinga, Mangueiral e Setor Taquari, no Lago Norte.

 

Durante a visita de inspeção nos Centros de Educação da Primeira Infância (Cepis) nas unidades da Ceilândia, Jardins Mangueiral e Riacho Fundo I e II, Hélvia ressaltou o aumento da oferta de vagas nas regiões mais carentes.

 

A creche tem um valor muito importante, principalmente em regiões onde as mães precisam ter um espaço para deixar seus filhos enquanto trabalham. Esses 18 Cepis que serão entregues até o final do ano também vão desafogar muito a rede em relação ao atendimento de quem está na fila esperando por uma vaga”, afirmou.

 

Esses 18 Cepis que serão entregues até o final do ano também vão desafogar muito a rede em relação ao atendimento de quem está na fila esperando por uma vaga

Hélvia Paranaguá

 

 

A secretária destaca ainda que a construção das creches por si só não resolve o problema das filas e por isso a pasta trabalha em outras frentes. “Temos muitas creches privadas pedindo credenciamento. Estamos caminhando em várias frentes para o aluno ser atendido”, destaca.

 

Ainda em fase de implementação, há a previsão de construção de 20 módulos de salas de aula em escolas existentes e a entrega da construção do Centro de Educação Profissional do Paranoá, com previsão de entrega no 1º semestre de 2024.

 

 

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do DF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar