18.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioDistrito FederalEducaçãoEscolas públicas recebem curso voltado para a cultura de paz

Escolas públicas recebem curso voltado para a cultura de paz

Publicado em

Ação em parceria com a SSP-DF será realizada nos próximos dias 8 e 9

Agência Brasília* | Edição: Vinicius Nader

 

Como parte integrante do eixo Escola Mais Segura, do programa DF Mais Seguro, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF), em conjunto com equipe da Secretaria de Educação (SEEDF), promoverá curso em escolas de todo o Distrito Federal, nos dias 8 e 9 de fevereiro. Na pauta, prevenir e combater a violência, fomentar o bem-estar na escola e apresentar o formato de intervenções realizado pelas forças de segurança.

 

O protocolo de operações integradas tem por objetivo principal fomentar a integração entre instituições escolares, órgãos e agências do Governo do Distrito Federal. Serão apresentadas também informações importantes sobre canais a serem acionados em casos de urgência e emergência como forma de prevenção. O curso será realizado à distância, pela internet e estará disponível aos estudantes e seus responsáveis, professores, diretores e técnicos da Secretaria de Educação.

 

 

Temos um eixo específico em nosso programa de segurança voltado especificamente para a segurança em nossas escolas, para elaboração de medidas de enfrentamento a todo e qualquer tipo de violência voltada a nossa juventude. Temos trabalhado alinhados à pasta de Educação para o incentivo à cultura de paz dentro e fora das escolas, sobretudo às relacionadas à violência contra as mulheres. Cursos como esse têm papel importante em nossa política de integralidade, pois envolverá professores, alunos, familiares e servidores na busca de soluções para garantir um espaço saudável e seguro para o desenvolvimento pleno de crianças e jovens”, destaca o secretário de Segurança Pública, Sandro Avelar.

 

Para a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, o curso, que ocorrerá durante a semana pedagógica, “reforça o compromisso da Secretaria de Educação, em parceria com a Secretaria de Segurança Pública, na promoção da cultura de paz nas escolas. Com isso, nosso objetivo é desenvolver medidas eficazes de prevenção e intervenção, englobando não apenas os alunos, mas também professores, familiares e servidores. A integração entre as instituições escolares e os órgãos governamentais do Distrito Federal é indispensável para assegurar um ambiente escolar saudável e seguro, contribuindo para o pleno desenvolvimento de nossas crianças e jovens.”

 

 

A prevenção visa impedir potenciais ocorrências no ambiente escolar. O outro foco é a intervenção, situação que exige uma ação, muitas vezes rápida e eficaz. Por exemplo, combate a incêndio realizado pelo Corpo de Bombeiros; verificação da Polícia Civil de denúncias de tráfico ou uso de drogas; a Polícia Militar, em tentativa de invasão às escolas, e o Departamento de Trânsito, com o controle do trânsito próximo do perímetro escolar. Ao avaliarmos o ambiente e prepararmos todos os envolvidos na rede escolar desenvolvemos ideias, sugestões, estratégias, fazendo da escola um lugar melhor, mais confortável e salubre para todos”, afirmou o tenente-coronel Rodrigo Freitas, palestrante do curso.

 

Segurança integral

 

O eixo Escola Mais Segura – Segurança Integral realiza ações de prevenção e intervenções no ambiente escolar, garantindo um espaço saudável para o desenvolvimento pleno de crianças e jovens. Entre as medidas, a Secretaria de Segurança Pública desenvolveu um protocolo de operações para promover a cultura de paz nas escolas.

 

O eixo considera as especificidades da violência no ambiente escolar e demais questões relacionadas a crianças, adolescentes e jovens, organizando e priorizando projetos, ações e serviços multissetoriais. O objetivo é estabelecer foco em ações relacionadas à prevenção e intervenção ao ambiente escolar e redondezas, priorizando crianças e adolescentes, além do enfrentamento ao crime organizado.

 

*Com informação da Secretaria de Segurança Pública

Fonte: Secretaria de Estado de Educação do DF

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar