28.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioBrasilJustiçaJustiça Eleitoral do Acre realiza atendimento a jovens socioeducandos

Justiça Eleitoral do Acre realiza atendimento a jovens socioeducandos

Publicado em

Durante os dias 30 e 31 de janeiro, 79 adolescentes em conflito com a lei do Instituto Socioeducativo do Estado do Acre – ISE, de faixa etária de 16 a 21 anos, fizeram o primeiro Título de Eleitor, na Central de Atendimento ao Eleitor (CAE), no Fórum Eleitoral 9° ZE.

Os três dias destinados para emissão do primeiro Título de Eleitor dos adolescentes em conflito com a lei é uma parceria do Instituto com o Tribunal Regional Eleitoral do Acre, destaca a Assistente Social da CS Aquiry, Cybelle D’Ávila.

“De acordo com a Legislação Eleitoral, os adolescentes podem votar a partir dos 16 anos. Essa parceria é importante porque faz parte do nosso plano de socioeducação, o título de eleitor é o primeiro passo para o cidadão ser reconhecido em sociedade e exigir seus direitos. Dentro da unidade trabalhamos temáticas como a importância da documentação, como ter acesso à rede, qual é a finalidade de cada um e também os custos ou até mesmo isenções. A cidadania tem um papel muito importante na vida do socioeducando como na vida de qualquer adolescente”, explicou.

O reeducando J.S.S, de 17 anos, fez o seu primeiro cadastro biométrico para obter o seu primeiro Título de Eleitor, ele destaca que a ação é novidade porque de fato vai poder participar das eleições deste ano. “Cada pessoa tem o seu direito de votar naquilo que ela acha melhor para o nosso estado e nosso Brasil. Irei observar os candidatos deste ano para fazer a escolha certa, pensando sempre em prol de todos nós e na sociedade em geral”, disse.

Fonte: TRE-AC

Fonte: Portal CNJ

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar