16.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioBrasilCulturaCom o presidente Lula, ministra da Cultura celebra a Independência do Brasil...

Com o presidente Lula, ministra da Cultura celebra a Independência do Brasil na Bahia

Publicado em

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou nesta terça-feira (2), em Salvador, do desfile cívico em comemoração aos 201 anos da Independência do Brasil na Bahia. Também estiveram presentes no cortejo a ministra da Cultura, Margareth Menezes, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, e a primeira-dama do Brasil, Janja da Silva.

Em carro aberto, o presidente saiu do Convento Soledade rumo ao bairro do Barbalho, em um trajeto de cerca de um quilômetro. É a terceira participação consecutiva dele na celebração. “Eu acho que nós vamos transformar o 2 de julho numa festa nacional. O presidente da República tem que participar do 7 de setembro, mas ele tem de participar do 2 de julho oficialmente. Isso aqui tem que estar no calendário da Independência do Brasil”, afirmou Lula.

“A Bahia tem muito orgulho de sua história de luta e a sua contribuição para a independência do Brasil. Essa é uma celebração popular, pulsante e carregada de simbolismo, com a valorização de quem somos e, sobretudo, de onde viemos”, completou a ministra Margareth Menezes.

.

O tradicional desfile iníciou-se com a saída dos carros do Caboclo e da Cabocla, no Largo da Lapinha, e levou milhares de pessoas às ruas da capital baiana.

“O 7 de setembro é um reconhecimento oficial. Mas houve luta, antes, para se chegar no dia 7. Foram dias de lutas, de resistência. Então, aqui na Bahia, com a ajuda da Assembleia Legislativa, nós queremos garantir que os livros produzidos na Bahia contem essa história”, declarou o governador sobre a solicitação feita ao Ministério da Educação (MEC) para que a Independência do Brasil na Bahia seja abordada nos livros escolares.

A comitiva do presidente incluiu ainda os ministros Jader Filho (Cidades), Renan Filho (Transportes ), Nísia Trindade (Saúde), Márcio Macêdo (Secretaria-Geral da Presidência da República) e Laércio Portela (Secom), além de autoridades estaduais.

Sobre o 2 de julho

Em 2 de julho de 1823, as tropas brasileiras venceram as portuguesas na então província da Bahia, após a proclamação da Independência do Brasil, em 7 de setembro de 1822. No ano seguinte ao término do conflito, que durou 17 meses, começou a ser realizado o desfile que homenageia a história de resistência e luta do povo baiano.

Caminhada do 2 de Julho - Independência do Brasil na Bahia - 02.07.24



Fonte: Ministério da Cultura

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar