20.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioBrasilCulturaCine Alvorada: Palácio da Alvorada volta a ser espaço de valorização do...

Cine Alvorada: Palácio da Alvorada volta a ser espaço de valorização do cinema nacional

Publicado em

“Nós reinauguramos hoje um processo de passar filmes brasileiros aqui no Palácio do Alvorada, esse é o primeiro de uma série de muitos que terão daqui para frente. A gente espera contribuir para ser a casa da divulgação do cinema brasileiro, para voltar a convencer a sociedade brasileira a gostar do cinema, a admirar o cinema e a ir ao cinema”, disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante a reinauguração do Cine Alvorada, na noite desta sexta-feira (17), em Brasília.

A 1ª sessão do Cine Alvorada exibiu o filme Saudosa Maloca, dirigido por Pedro Serrano, que estreia nacionalmente em 22 de fevereiro de 2024. Ainda segundo o presidente Lula, assistir ao filme é homenagear não apenas o cinema brasileiro, mas homenagear Adoniran Barbosa. “O sambista de São Paulo que conseguiu fazer com que os sambistas do Brasil tivessem ‘medo’ e passassem a admirar a inovação do samba”, celebrou o presidente.

A ministra da Cultura, Margareth Menezes, comemorou a ação realizada em conjunto com o MinC, que auxiliou na modernização do espaço e equipamentos e nas curadorias, por meio da Secretaria do Audiovisual. “Essa é uma ação maravilhosa do presidente Lula dando força, potencializando o cinema brasileiro nesse momento de retomada. Vamos assistir os nossos filmes, estamos aí investindo nesse momento maravilhoso do renascimento do cinema brasileiro”, pontua a ministra.

Para a primeira dama Janja da Silva, o momento é de celebração. “A gente espera fazer uma sessão a cada mês aqui de um filme nacional”, contou Janja que, juntamente com o MinC, foi responsável pela iniciativa.

O diretor do filme, Pedro Serrano, diz que, se há pouco tempo a cultura era colocada como inimiga, agora não é mais. “Quando estamos juntos numa sala de cinema fazendo esse pacto coletivo de ver um filme, a gente incentiva as pessoas a fazerem isso. Esse pacto que é tão bonito, de sentar numa sala de cinema, ver um filme, esquecer um pouco da realidade, aprender sobre o nosso país. Então a gente leva essa mensagem para a sociedade de revitalizar o cinema e o cinema brasileiro”, explica Pedro.

O músico e ator Paulo Miklos, que interpreta o compositor Adoniran Barbosa na película, também prestigiou o evento.

Saudosa Maloca

O filme Saudosa Maloca retrata a história de Adoniran Barbosa e dois amigos na Maloca, um antigo casarão no Centro de São Paulo, que se torna alvo de um homem interessado em demoli-lo para modernizar a região. A comédia se passa em dois tempos: nos anos 80, quando o já envelhecido Adoniran conta a um jovem garçom divertidas histórias ocorridas no bairro do Bixiga, em São Paulo, de onde são transportados à capital dos anos 50.

Adoniran Barbosa

Saudosa Maloca foi o primeiro sucesso de Adoniran Barbosa como compositor. O cantor e compositor falecido em 1982, retratava o cotidiano da desigualdade social nos grandes centros urbanos causadas pela modernização, o progresso industrial e a especulação imobiliária, especialmente em São Paulo. Gravou grandes sucessos como a própria Saudosa Maloca, Demônios da Garoa,Samba do Arnesto, Abrigo de Vagabundo, Trem das Onze, entre outros. Uma outra característica marcante de Adoniran era o uso de expressões e modos de falar de origem italiana, comum aos bairros paulistanos à época.



Fonte: Ministério da Cultura

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar