29.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioMundoNobel de Física vai para três pesquisadores por estudo com elétrons

Nobel de Física vai para três pesquisadores por estudo com elétrons

Publicado em

Pierre Agostini, Ferenc Krausz e Anne L’Huillier (foto em destaque) são os laureados de 2023 com o Prêmio Nobel da Física, pelas descobertas de pulsos de luz que podem medir processos rápidos de movimento de elétrons ou mudança de energia. Os três vencedores foram anunciados nesta terça-feira (3) em Estocolmo, na Suécia.

A Real Academia Sueca de Ciências atribuiu o prêmio “pelos métodos experimentais que geram pulsos de luz em atossegundos para o estudo da dinâmica de elétrons na matéria”. Para a academia, as pesquisas dos três “deram à humanidade novas ferramentas para explorar o mundo dos elétrons dentro dos átomos e moléculas”.

O norte-americano Pierre Agostini, o húngaro Ferenc Krausz e a francesa Anne L’Huillier demonstraram que há como “criar pulsos de luz extremamente curtos que podem ser usados ​​para medir os processos rápidos nos quais os elétrons se movem ou mudam de energia”.

 “Agora podemos abrir a porta para o mundo dos elétrons. A física do atosegundo nos dá a oportunidade de compreender os mecanismos que governados por elétrons. O próximo passo será utilizá-los”, disse Eva Olsson, presidente do Comitê do Nobel de Física.

Como a academia explica em comunicado, existem aplicações potenciais em muitas áreas diferentes para estas descobertas. Na eletrônica, por exemplo, é importante compreender e controlar como os elétrons se comportam em determinado material.

“Os pulsos de atossegundo também podem ser usados ​​para identificar diferentes moléculas, como em diagnósticos médicos”.

O prêmio

A temporada de 2023 dos prêmios Nobel começou na segunda-feira (2) com o anúncio do prêmio na área da Medicina e vai até dia 9 de outubro, quando será conhecido o de Economia. Ao longo da semana serão ainda anunciados os vencedores dos galardões de Química na quarta-feira (4), de Literatura na quinta-feira (5) e da Paz na sexta-feira (6). O anúncio da distinção na área das Ciências Econômicas está agendado para a próxima segunda-feira (9).

Todas as categorias serão anunciadas em Estocolmo, exceto o Nobel da Paz que, como habitualmente, será atribuído pelo Comitê Nobel Norueguês e terá como cenário o Instituto Nobel Norueguês, em Oslo.

Os vencedores da edição deste ano dos prêmios Nobel vão receber um milhão de coroas suecas extra, elevando o valor total recebido pelos premiados para 11 milhões de coroas suecas (cerca de US$ 970 mil).

*É proibida a reprodução deste conteúdo



Fonte: Agência Brasil

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar