18.5 C
Brasília
- PUBLICIDADE -
InícioEsportesBarranquilla, na Colômbia, perde direito de sediar Pan-Americano 2027

Barranquilla, na Colômbia, perde direito de sediar Pan-Americano 2027

Publicado em

A cidade colombiana de Barranquilla foi destituída do direito de sediar os Jogos Pan-Americanos de 2027 depois de não cumprir suas obrigações contratuais, informou a entidade reguladora Panam Sports nesta quarta-feira (3).

A Panam Sports disse em comunicado que o comitê executivo da entidade votou unanimemente para destituir Barranquilla após “várias violações” do contrato de cidade-sede.

A Panam Sports não disse quais foram essas violações.

Os primeiros sinais de alerta de que os Jogos de Barranquilla estavam em apuros surgiram quando as autoridades colombianas solicitaram, no final de outubro, uma prorrogação do prazo para cumprir o contrato.

A Panam Sports estabeleceu novos prazos de 30 de dezembro de 2023 e 30 de janeiro de 2024.

No entanto, depois que o primeiro prazo passou sem uma resposta dos anfitriões, a Panam Sports disse que não tinha outra escolha a não ser remover Barranquilla como anfitriã.

A Panam Sports não informou se alguma cidade está preparada para receber os Jogos de 2027.

“A Panam Sports lamenta profundamente essa situação, mas tomou essa decisão pensando no futuro do maior evento multiesportivo das Américas e nos atletas do continente”, disse a Panam Sports.

A decisão deixa mais uma nuvem negra pairando sobre o futuro dos Jogos poliesportivos regionais.

No ano passado, o estado de Victoria, na Austrália, desistiu de sediar os Jogos da Commonwealth de 2026 devido à projeção de custos excessivos.

Encontrar maneiras de dar relevância e interesse a uma competição cada vez mais marginalizada continua sendo um desafio constante, com menos cidades interessadas em se candidatar aos Jogos e com os principais atletas deixando-os de lado.

Por duas vezes Santiago recebeu o direito de sediar os Jogos Pan-Americano (1975 e 1987), mas desistiu em ambas as ocasiões devido a problemas financeiros e políticos, e só garantiu os Jogos de 2023 quando foi a última cidade a se candidatar após a desistência de Buenos Aires.

Os Jogos de Santiago atraíram quase 7 mil atletas de 41 países, mas os principais competidores na maioria das modalidades não participaram, concentrando-se em outras competições, como o campeonato mundial de atletismo.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.



Fonte: Agência Brasil

Comentários

- PUBLICIDADE -

Últimas notícias

- PUBLICIDADE -

Você pode gostar