Sindireta notifica GDF para estender ponto facultativo aos servidores do Na Hora

 

Neste feriado de Corpus Christi, o Governo do Distrito Federal decretou ponto facultativo aos servidores. O Na Hora, no entanto, ficou de fora. Mais uma vez, o órgão foi esquecido pelo GDF.

O Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do Distrito Federal (Sindireta) protocolou um ofício ao secretário de Justiça e Cidadania (SEJUS), Jaime Santana, com o intuito de estender o ponto facultativo para o sábado, conforme decreto.

De acordo com a Diretoria do Sindireta, quando tem ponto facultativo na capital, os servidores do Na Hora sempre ficam preteridos e obrigados a trabalharem aos sábados. É descabido o Governo estender o feriado apenas para a sexta-feira. Entende-se que o sábado é consequência, afinal, não é dia útil.

“Para cobrar dos servidores lotados no órgão, o GDF diz que o Na Hora é serviço essencial, mas quando a categoria cobra os direitos, o Na Hora se transforma em serviço não essencial!”, afirma o Sindicato.

No documento encaminhado ao Governo, a entidade ressalta que tal medida não prejudica a população do Distrito Federal e os serviços prestados nas unidades, em razão do excelente trabalho desempenhado pelos servidores do Na Hora.

Deixe um comentário